sábado, 5 de novembro de 2011

OpiniãoKawai - Nana

Yooo Amores!
Desculpem a falta de noticias, mas realmente passei por bons bocados.. Estarei tentando voltar com a corda toda!
Bom.. Então sem mais delongas... Vamos falar sobre este que é considerado o melhor Shoujo dos tempos. NANA!



NANA é uma série de mangá criada pela mangaká Ai Yazawa, "Mãe" também de Paradise Kiss e publicada na Revista Cookie da Editora Shueisha.
NANA conta a história de duas garotas de diferentes personalidades, ambas chamadas Nana, que acabam se tornando amigas "por obra do grande destino". Enquanto Komatsu Nana sonha em conquistar sua independência financeira e assim finalmente viver uma bonita história de amor com seu lindo namorado, Oosaki Nana sonha viver de sua música com sua Banda de Punk Rock, Black'Stones, cuja é vocalista.
Os primeiros 12 volumes acumularam mais de 22 milhões de cópias vendidas, e até 2008 foram acumulados 43 milhões de cópias vendidas. Foram criados também duas séries Live Actions, lançados em 3 de Setembro de 2005 e 9 de Dezembro de 2006 (Eu morri de medo! Mas teve gente que tipo, amou...).
Devido á problemas de saúde da mangaká Ai Yazawa, o mangá está paralisado desde o capitulo 84... Nem o anime e nem o mangá estão concluídos. Porém, isso não tira o prazer que se sente ao ler e assistir esta que concerteza é, uma das melhores obras de Ai Yazawa (apesar de eu só chonhecer essa XD)

Graficamente, o que mais chama a atenção de NANA, talvez seja a aparente "fragilidade" de todos os personagens. Parece que todo mundo sofre de Bulimia ou Anorexia. Isso também deve ser influência do curso de moda que Yazawa fez na faculdade antes de se tornar mangaká. Para um mangá cujo o publico são garotas.. é algo realmente indispensável.. vamos combinar.
Parecem uns palitinhos esses braços ein?

Mas nada define melhor o sucesso de NANA do que a sua história cheia de reviravoltas, colocando sempre a amizade das jovens a toda a prova. Uma amizade que para os "maldosos e pervertidos" será sempre visto como algo "lésbico". Contudo, se vamos analisar as coisas com um olhar frio, técnico e maligno, todas as histórias de sucesso cuja as pessoas se identifiquem tem pitadas sutis de sacanagem homossexual. EX: Naruto e Sasuke, Goku e Vegeta, Cavaleiros do Zodíaco (Shun é diva), e por ai vai. Mas não é isso o mais importante. A história de NANA é uma história romântica, mas mais adulta, onde a vida não se resume a nunca desistir, e "meu sonho a qualquer custo".

Talvez uma das coisas que eu mais curti em NANA foi o "poder de surpreender". Todos os personagens são muito cativantes, você se identifica com cada um em amplo sentido. Mas principalmente, o desenrolar da trama e os caminhos que levam as escolhas de cada um e os seus "destinos" por assim dizer, é o que te prendem.. literalmente.
Ao começar por Komatsu Nana, a "Hachi"- Apelido dado por Oosaki Nana, que significa "8" em japonês, enquanto Nana é "7". Também é um diminutivo de Hachiko, a história real de um cão, muito popular no Japão.
A partir daqui, serão spoiler's á dá com pau... se você não quer perder a surpresa...

CRTL + F , digite Definitivamente e press enter

Hachi é uma "típica personagem extrovertida", muito alegre, muito infantil e muito barulhenta. E sofre de um mal terrível de "paixonite a primeira vista"... Sempre por caras "bofs". Mas em uma de suas aventuras românticas, Hachi se encanta por um homem mais velho e CASADO... Foi uma paixão tão forte, que deixou marcas profundas quando ele decidiu terminar o relacionamento.

Depois de chorar litros de lagrimas, Hachi decide chutar o balde e dar a volta por cima (ja que não tem outro jeito.. as lagrimas secaram). Arranca metade dos cabelos e decide que vai se tornar melhor amiga de um homem antes de decidir se jogar em cima do "bof" (não ela não virou lesbica, ela só queria aparentar mais maturidade).. Algo nada facil pra ela já que é só ver um rostinho lindo que fica ela fica "louca"... Hachi também tem um talento incrível para fazer uma varredura no histórico dos seus "alvos"... Sabe idade, profissão, hobby, signo, ascendente... parece uma revista teen ambulante... logo logo não demora muito para se encantar pelo jovem universitário Shouji que viria a ser o seu "porto seguro em Tóquio"... MAS... Não foi isso o que aconteceu... Como escrevi ali em cima, Hachi é uma típica personagem extrovertida... muuuuito infantil, quer ser mimada, compreendida... Só ela sofre.. só ela se esforça....  
A desilusão de Hachi

Resultado: Um belo par de guampas... E com a amante imaginária dela! Sim.. ela é tão infantil que chegou a "criar" uma "amante imaginária" pro Shouji... uma mulher sedutora, que gostava de Bolsas Luis Vitton e e sei lá mais o que... O problema é que a Amante imaginária.. por aquelas coincidências absurdas do destino... passou á existir.. A diferença é que ela era baixinha e meiga.. como uma Boneca Polly... mas em quesito de maturidade.. bem diferente da Hachi... Então Hachi teve um Dejavi... um Dejavi de sofrimento.. foi a fossa... chorou litros... e no dia seguinte foi trabalhar... E foi demitida... Hachi estava literalmente se sentindo um lixo humano... Até que foi consolada pelo seu ídolo e sonho de consumo "Takumi", baixista e líder da banda Trampest, banda pela qual Oosaki Nana nutre uma certa rivalidade... Mas até mesmo Hachi tinha consciência que Takumi não era o tipo de cara "sério"... que muito provavelmente ele só quisesse se "divertir" com uma garota "facil"... mas mesmo assim... Hachi se "entregou" á este "caso" exatamente por que... não é todo o dia que um astro lindo da musica chega e te da mole né? Confesso que no começo pensei "vaca"... mas depois.. re-pensei... "é.. até eu..."...XD
Uma pergunta atualmente sem resposta...

Mas fato é que em meio á esse período de "transa" com Takumi, Hachi se descobriu perdidamente apaixonada por Nobu, amigo de longa data de Oosaki Nana.. E este também.. rendido de paixão por ela. Duvido MUITO que toda a vez que vocês verem esses dois juntos, vocês não vão rezar e vibrar pra eles ficarem juntos de vez... é inevitável... MAAAAAAAS.... nessa história tem sempre o "mas"... Nana se descobre gravida de Takumi! Muito confusa e de sentimentos enrolados...Ela acaba sendo surpreendida pela atitude de Takumi, que decide assumir o filho de Hachi sendo dele ou não... Hachi passou a ficar mais sozinha em casa com o sucesso de Nana com o Black 'Stones... Então não foi de se admirar que quando o Takumi resolveu assumi-la, ela tenha optado por ir morar com ele. A partir daquele momento, Hachi decidiu que se dedicaria á um único relacionamento.. Também pudera... gravida e sem emprego.. ela também não tem muitas opções.

Nossa.. acabei falando um bocado da Hachi.. vamos agora para Oosaki...

Oosaki Nana em contra-partida, é o personagem tipicamente "introvertido de personalidade atrativa"... Calada.. cheia de mistérios, fashionista por "acidente" talvez... mas Nana tem uma história de vida mais triste e cheio de "decepções" comparada á Hachi que cresceu em uma família barulhenta e feliz..... Ao começar por sua mãe que a abandonou quando tinha 5 anos. E pra piorar, Nana sabia que foi abandonada por que não era "querida" por sua mãe. Nana foi criada pela "louca" da sua avó que a fez trabalhar feito uma escrava até o dia que ela (a avó) veio a falecer. Nana então fez "a festa" ao seu modo. Comprou um vestido vermelho cheio de babados e foi ver um Show de Punk Rock com seu amigo e primeiro "cachorrinho" Nobu (Ele é bem a Hachi, mas loiro e menino). E é nesse mesmo Show que ela conhece Ren... O grande e provavelmente único amor de sua vida... depois da musica, claro... A relação deles é algo bem interessante... Mesmo que negue, Nana ama Ren mais do que tudo em sua vida. Para ela morrer cantando no palco ou morrer junto com o Ren seria maravilhoso.. (mod Emo detected). Tudo corria bem na sua vida.. Um homem lindo fiel e bom de cama, uma banda de sucesso numa cidade pequena e tudo o que precisavam era um galpão, cigarros e suas guitarras... Haa.. e uma banheira pra tomarem banho juntos.

Mas ai Ren vem com a frase:"Nana... Eu vou pra Tóquio...Você pode fazer o que quizer da sua vida."
Nana e Ren... será o Fim?
Ai você me pergunta:"cachorro!! ele terminou com ela????" Não exatamente.... Depois que você começa a assistir o anime ou ler o mangá, é visível que Nana é uma figura orgulhosa demais para aceitar ser sustentada por seu "homem" e viver uma vida pacifica de dona de casa... Sem falar que ela acredita piamente que não seria uma boa mãe... Tanto é que é a única á se "cuidar" contra uma gravidez não planejada. O Ren nunca terminou com ela, alias, por ele, já teria tido uns três filhos com a Nana... mas preferiu deixar a porta entre aberta para que ela mesma toma-se a decisão... ir com ele, ou ficar na cidade... Talvez uma das cenas mais tristes seja exatamente a despedida dos dois no terminal do trem que iria para Tóquio... Mesmo o amor sendo mutuo e forte.... ele não foi o bastante para derrubar o muro que é o orgulho da Nana... que deseja mais que tudo, poder viver da musica sem ser dependente de ninguém.. muito menos do Ren... Uns dois anos depois, Nana resolve partir pra Tóquio, não atrás do Ren... Por que a nana é pior que burro empacado! Ela foi encorajada por Nobu a seguir adiante com o Black 'Stones, pois ele assim como ela, desejava viver da musica. Foi nesse trem que Nana conhece Nana.... Depois que as duas começaram a morar juntas, a banda foi se remontando aos poucos, com o retorno do Yasu, "o big boss" do Black 'Stones, advogado e baterista, Nobu, riquinho metido á guitarrista, (táá.. ele largou tudo pra viver da Musica) e a entrada do novo baixista Shin, um moleque de 15 anos que fuma mais que uma chaminé e ainda É GAROTO DE PROGRAMA!!. (Crianças não sigam o exemplo do Shin... esperem a maior idade...)
Da esquerda pra direita: Shin, Yasu, Nana e Nobu

Hachi aos poucos foi se situando no "no mundo de Nana".. Porém maaais tarde... tipo no meio de uma Happy Hour á base de cerveja com Nobu e Shin, Hachi acaba descobrindo a ligação entre Nana e Ren.(Sim... o bebado da vez era o Nobu) Romântica e fã n°1 da Nana, Hachi faz de tudo pra bolar um reencontro entre os dois... que no fim dos fins, acaba conseguindo arrastar Nana para um Show da Banda Tranpest, a qual Ren pertence. A maluquete conseguiu lugares na primeira fila... logo na frente do baixo.. E não deu outra.. As duas se emocionaram muito durante o Show... Depois de alguns dias Nana resolve ir "conversar" com o Ren, para lhe entregar a chave do galpão onde os dois moravam antes de Tóquio. De repente toda a paixão do passado retornou como uma explosão no momento que ficaram á sós. No entanto, devido á este "romance", Nana ficou conhecida na mídia como "mulher" do Ren... Algo que não agradou ela nem um pouco. Afinal, a midia "marron" estava atrás de qualquer "coisa", de preferencia obscura, á respeito da "namorada de um dos membros da intocável Trampest"... Devido á pressão da midia, Nana e Ren passaram por muitas idas e vindas devido ás cnsequencias que noticias infundadas pudessem causar á imagem das duas bandas. Mas a principal delas era o fato do Takumi ter lhe tirado duas pessoaa preciosaa para ela... Primeiro o Ren e depois a Hachi... Devido ao "trauma" de ser deixada por sua mãe, Nana de algum jeito se tornou obcessiva e controladora com aqueles que "ama"... No fim.. acho que ela não é tão diferente do Takumi, praticamente seu "rival", por assim dizer...

Opening 01 de Nana: Rose



Bom, acho que sobre as duas personagens que carregam o nome da série já está de bom tamanho. Ambas tem realmente muita história.. Mas de resto, vou deixar que vocês mesmo vejam e comentem OK? Se possivel, numa próxima postagem, vou tentar abordar mais os demais personagens (Lembrando que não sou politica então não vou ficar fazendo promessas OK?)

Definitivamente, vale a pena você assistir Nana. O melhor Shoujo de todos os tempos!
Em se tratando de animação, elá é uma animação minimalista até. Pequenos jestos fazem a diferença em alguns momentos. Mas o outro grande charme de Nana, com certeza... São as musicas de Trampest e Black'stones.. Duvido muito que depois de uns 10 capitulos, você já não corra pra descobrir onde baixar as obras, quem canta e coisa assim...
Nana em Anime ficou de ser transmitida pela MTV, porém ainda não foi confirmada a Data de Exibição. Mas se você não tiver paciência, pode encontra  na versão Online no Gerações Online. Quanto ao Mangá de Nana, ele já está a venda pela Editora JBC á R$10,90.
E isso amores!
Espero que gostem!
Comentem!
Kisu!
Domo Arigato!

11 comentários:

Leon e Ana Clara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leon e Ana Clara disse...

Nossa muito legal seu blog adorei, obrigado por estar seguindo o meu. Estou seguindo o seu também e gostaria de fazer parceria também. Ja coloquei seu banner no meu blog e aqui esta o meu banner: http://blogentraai.blogspot.com/p/quer-ser-parceiro.html

Obrigado, muito bom o blog, sucesso!

Bruna Maranhão disse...

Primeiro você já me conquistou no momento que eu olhei o nome do blog, porque me remeteu ano nome kawaii, que tem grande importância na minha história. Segundo, você gosta de animes e manga *-* E terceiro você escreve bem, e das muitos detalhes sobre o que você está escrevendo. Com certeza vou procurar saber mais sobre esse mangá/anime. :*

MARCO disse...

não têm nada igual a cultura japonesa

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Nina Boom disse...

Bem bacana... A cultura japonesa é mesmo muito rica.

Lucas Nuti disse...

Eu realmente não sou fã de mangá e culturas japonesas, mas acho muito curioso a forma como ela atinge né! Não deixa de ser muito bem feito e com histórias de verdade.
Abração.




http://alteregodonuti.blogspot.com/

Hysteria Project disse...

Nana parece ser um bom mangá para meninas, entao não faz o meu estilo...
Atualmente estou acompanhando os novos projetos de Nobuhiro Watsuki, autor de Samurai X, como Busou Renkin e a nova série com tema Frankestein

Alan Holanda disse...

bacana
provasetrapacas.blogspot.com

Juηiøя - ล∂๏ℓэร¢эи†э ลи†эиล∂๏ disse...

Muito foda, eu tinha um parceiro que também curtia essas coisas...

massa

vlw

Ana Lucia Nicolau disse...

realmente, o poder de surpreender faz toda a diferença na dramaturgia....
abs

Leon e Ana Clara disse...

Olá , sou la do Blog Entra Ai, passei pra avisar que tem um selo pra vc lá. Um abraço!
http://blogentraai.blogspot.com

BlogBlogs.Com.Br