segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Nova moda? Hiii... essa é velha....

Yoo Amores!
Estava eu assistindo um dos poucos programas que valem a pena assistir na terrível TV aberta, o "legendários" da rede Record, (que começou meio mau das tamancas mas ao que parece achou o seu "eixo de equilíbrio" sem contrariar a ira de Deus. (hohoho... piada infame e sem graça...não precisa rir...)) O que eu vi foi uma matéria interessante feita pelo João Gordo, falando dos mistérios dessas bandas coloridas, Cine e Restart e.... aquela banda do Fiuk...haaa... HORI... lembrei...
Bom...uma coisa ficou clara com a matéria do Joãozinho: Essa moda de "Cores para Daltónicos"  é algo que vem desde os Menudos! Já ouviu falar de Menudos? Não? Assista esse vídeo.....
Chocado? Haa...Sua mãe não diria isso... Acredite, ela se mijava toda a vez que esses caras faziam "isso" com o quadril cantando "não se reprima, não se reprima, não se reprima...". Ela obrigava o seu Pai ou qualquer outro namorado antes do seu Pai, a provar seu amor por ela comprando um LP ou uma fita K7 dos Menudos no aniversário dela ou até mesmo fazendo o "legitimo pedido" em um show desses caras lá em "Piraporinha de Jesus". Mas antes disso, Sua avó já ferrava seu avô, ou qualquer outro "pretendente" a conseguir um "Vinil Autografado" do verdadeiro "REI DO BIZZARO", Elvis Presley. Aquele cara com sua "bizzara calça boca de sino" cheia de "brilhantes" e sua jaqueta meio Carnaval, meio Cowboy. Aquilo era muito "macho" naquela época. E até hoje existem muitas variações das musicas do "Rei do Rock". que, fora o estilo, é uma verdadeira lenda...
 

Bom, esses são só duas referências entre muitas de que o senso de "moda" não mudou tanto quanto a gente pensa. Mas ai alguém já grita:

Inimigo Declarado:_"haaa mas as musicas dessas bandinhas são um lixo!!".
Agora, vamos usar nossos cérebros: Você acha que seu Bisavô, gostava de ver sua filha (no caso sua avó) gritando igual uma doida se descabelando pro "topetudo" do Elvis? Com certeza, NÃO.
Como a sua avó ficava ao ver a dancinha dos menudos que a sua filha (no caso, sua mãe) se contorcia de emoção ao assistir e dançar? A-PA-VO-RA-DA! É o peso da "idade", não compreender que viver a "fase da loucura juvenil" é básico na vida de todos antes do "amadurecimento". E quer saber... nós passaremos por isso... alguns já estão passando.

Paz e amor... e algumas drogas...
Francamente, os "coloridos" em contra-partida me lembram os velhos "Hippies".
Nos anos 60, muitos jovens passaram a contestar a sociedade e a pôr em causa os valores tradicionais e o poder militar e económico. Esses movimentos de contestação iniciaram-se nos EUA, impulsionados por músicos e artistas em geral.

Qual a diferença?
Os hippies defendiam o amor livre e a não-violência. O lema "Paz e Amor" sintetiza bem a postura política dos hippies, que constituíram um movimento por direitos civis, igualdade e anti-militarismo nos moldes da luta de Gandhi e Martin Luther King, embora não tão organizadamente, mantendo uma postura mais anárquica do que anarquista propriamente, neste sentido.
Como grupo, os hippies tendem a viver em comunidades colectivistas ou de forma nômade, vivendo e produzindo independentemente dos mercados formais, usam cabelos e barbas mais compridos do que era considerado "elegante" na época do seu surgimento. Muita gente não associada à "contracultura" considerava os cabelos compridos uma ofensa, em parte por causa da atitude iconoclasta dos hippies, às vezes por acharem "anti-higiénicos" ou os considerarem "coisa de mulher".

Esse "trecho obivio da Wikipédia" te lembra alguma coisa?

Sorry meus caros "odiadores e adoradores", cujo o numero é singelamente proporcional á ambas partes da mesma causa cheia de cores...
"Hippies e Coloridos" são nada mais do que a mesma faceta de duas moedas de épocas diferentes. Uma era de Cr$00,10 e a outra é de R$00,10. A diferença? Somente a época .... com ambas tudo o que se pode/podia comprar é um chiclete...
Até pra mim eles são estranhos, bizzaros e francamente eles me dão medo. Principalmente o Restart. Fiz uma pesquisa e por ai (não foi difícil...) procurando um fan-site (0,01 segundos) dessa banda, que leva o estilo "colorido" á sério (só falta se drogarem com Faber-Castell)... e esse carinha ai d'baixo é o que mais me mete medo (Mas a Xuxa é muito pior...). Mas até mesmo a figura hippie mais respeitada do mundo, com belíssimas musicas na minha opinião, Não escapou da minha "comparação" á moda colorida desse guri ai. 
Fala sério: Pra que esse óculos?


PTM john lennon.... ¬¬
Nota: Eu estou comparando os "estilos"!Ok?
Talento é "outra" coisa... Se bem que nos dias de hoje, "Talento" se tornou no mínimo muito mais "Visual". Alias como tudo.
Primeiro é nescessário um visual que te destaque na multidão. depois uma ideologia, logo usa-se a forma mais versátil e definitivamente eficaz de expandir sua ideologia: Através da Arte. Muitos tentaram (Da Vinci que o diga, só foi reconhecido verdadeiramente depois que bateu a cachuleta, assim como os Mamonas Assassinas...) mas apenas os Músicos souberam usar sua "arte" para disseminar suas ideias através do mundo inteiro. afinal, pessoas gostam de cantarolar idiotices... O que também não significa que as ideologias estejam certas. você não tem que "se sentir obrigado" a seguir um padrão por que é imposto por "marketing" ou por que "ta todo mundo ouvindo". "A moda" passa voando, rapidinho e rasteiro, sem você nem notar. Eu que o diga, quando todas as meninas no meu colégio usavam "fichários" no lugar de cadernos de mola credeal, era a moda do momento. Muito mais prático, não tem que picar a folha do caderno e cada "matéria" poderiam tem folhas "personalizadas-pré-prontas". Quando finalmente comprei o "meu" depois de um mês... A moda caiu. TODAS VOLTARAM PARA O CADERNO DE MOLA CREDEAL, pois comprar várias folhas pro fichario era muito caro, as folhas caiam a toa, ocupava muito espaço na mesa e ficava destruído em poucos dias...Outra vez o que manda é a PORRA DO VISUAL.
  Fã Louca/o:-" ixo naum va acontexe cum eles naum!!! VO XINGA MUITO NO TWITTER" 
Inimigo Declarado:-"MORRAM"

É claro que opiniões são opiniões. Você tem o direito de pensar por si só o que é importante pra você, contanto que isso tenha saído DA SUA CABEÇA. Mais do que Restart ou Xuxa, me assusta muito mais você fã, que se deixa guiar pela "vibe" das outras pessoas, sendo que você não tem certeza nem do que você realmente gosta. Nesse caso você só está alimentando o pensamento radical de todos que odeiam essa "onda": Que você não "pensa".

O que te faz gostar de uma banda colorida?  A musica ou o "estilo?" Estilo é tudo? Se estilo é tudo, você gostaria das musicas da "banda" se ela remove-se o "colorido", pois eles decidiram se focar mais na musica? Ou sentiria revolta pois "traíram o movimento"? Vai xingar muito no twitter ou vai "opinar" como um fã? 

Lógico que essas perguntas também valem pra você, "Inimigo Declarado" do então "movimento":

Por que você odeia tanto bandas coloridas? Você odeia a banda ou o "estilo"? Estilo é tudo? Se estilo é tudo, você odiaria as musicas da "banda" se ela remove-se o "colorido", pois decidiram se focar mais na musica? Passaria a admirar a banda pois largaram aquelas "cores todas?" Fará criticas construtivas ou ficara procurando outra coisa para "xingar"? 

Você é o resultado de suas escolhas! Frase simples e verdadeira! Pense e reflitam TODOS VOCÊS!
E no fim dos fins, entre Hippies e Coloridos, Porradeiros e Lunáticos, estaremos todos "vivos" até a próxima "onda". Possivelmente uma versão EXTRA-TURBINADA de Sexo, Drogas e Rock'n roll.... Preparem um estoque de comida bem grande até lá, preservativos e uns livros de auto ajuda.
É isso ai galera!
Comentem e REFLITAM!
Kisu!
Domo Arigato!

14 comentários:

Mayara disse...

Mantenho minha neutralidade quanto a esse assunto, afinal, pra mim, tanto faz se vão continuar ou não na fama pra sempre. Confesso que gosto do estilo deles, acho arrumado e tals, claro, poderia ter menos cor... mas também reclamaram dos emos por ser tudo preto, então sei lá.
Gostei muito do blog e do post!

Jéssica Marques disse...

NOSSA! NOSSA! NOSSA!
Você falou T U D O!
Passa lá no meu que eu também estou falando desses coloridos e sobre os premios #fail do VMB!
http://jess-in.blogspot.com/

Millena Blogueira disse...

Que moda terrível!

Yaser Yusuf disse...

imagina só se essa moda moda pega , maldita midia que empurrq tudo no povão

Camila Passatuto disse...

Moda.

As bandas de real talento estão debaixo do tapete.
Cine é uma banda que chegou na produtora com fotos e depois com músicas, me entende? E é sério isso.
Os emos do NXZero só fizeram sucesso pq arrumaram um vocalista que tinha grana para ajudar a bancar a produtora do Bonadio (acho que é assim que escreve).
A idustria musical é isso. Hoje é isso que é vendavel, isso e o sertanejo universitário.

Não gosto do estilo Colorido.
Mas um dia passa a moda e outra coisa virá para incomodar os olhos.

Bruno Costa disse...

É uma onda do ser diferente e ter estilo meio massaficante. Seja diferente, use calça colorida. Sou diferente pq uso calça laranja. Você é diferente pq usa amarela. Isso é a diferença? Eu me recuso...
Abraço

Francorebel disse...

Preconceito isso viu, eu acho. Pega leve.

Losterh disse...

Mano, estilos e estilos, cara.

Claro que um é influenciado pelo outro é totalmente natural. Lá na época dos 70, na base do LSD o povo só via em colorido, mesmo. E ninguém vai se atrever a chamar o Jefferson Airplane de emo.

Deixa esses coloridos aí fazerem o que quiserem, eu não me importo. Eu curto é heavy metal.

Alan Salgueiro disse...

Texto bem humorado, boas associações!

Casanova disse...

Depende muito.
A mídia empurra isso em seriado de televisão, em sandalinha da grendene...

Naquele tempo a mídia não tinha tanto poder sobre as massas assim. E o principal, Elvis cantava bem.

Penso que sobre essa idéia, vamos longe.

Abraços!

Fernando disse...

Tens toda razão!
Nada se cria, tudo se copia...

Quanta criatividade em voga, né?

abs,
Fernando Piovezam
seuanonimo.blogspot.com

Blog do Sybão! disse...

Daqui a alguns anos, se repetirá o ciclo que aconteceu no passado. Gerações diferentes, reações contrárias, e lembranças no futuro.

É sempre assim. Boa escrita

Henry Barros disse...

odeio esses coloridos... ponto final =X

Guilherme Lombardi disse...

Interessante as associações. Eu também não gosto desses coloridos, mas entendo que eles são um produto que não é para alguém da minha idade ou que tenha o mesmo tipo de gosto que eu tenho. Se tem conteudo ou não, se é bom ou ruim é uma questão bem complexa, o fato é que eles tão sendo para uma geração o que a Xuxa foi! Com seus "Yeahs!" e "Baby" os coloridos conquistaram um público fiel.

BlogBlogs.Com.Br